A carregar…
A carregar…

Crie a sua conta

Faça o seu registo em poucos segundos, apenas com o seu e-mail. Tenha acesso imediato ao Painel de Controlo e crie o seu primeiro cloud server à medida.

Selecione os recursos para o seu Cloud Server

Pode escolher qualquer combinação de RAM (512 MB até 96 GB), vCPU (1 até 8) e Disco (10 GB até 2 TB) para os seus Cloud Servers. Windows ou Linux, escolha o OS que melhor se adapta às suas necessidades, desde as distribuições Linux mais conhecidas (CentOS, Debian, Ubuntu, Red Hat, Fedora) ou Windows Server.

Pode ainda escolher onde alojar os seus dados, entre EU West em Portugal e EU Central em França. A sua informação permanece na Europa.

Uns minutos depois o seu Cloud Server está disponível

Os seus cloud servers estão prontos para ser iniciados. Terá acesso a recursos de cloud computing de elevado desempenho, para alojar o seu ERP, CRM, email, servidor web e todo o tipo de aplicações. Fornecemos ainda balanceadores de carga para equilibrar a sua infraestrutura. Tudo isto com um nível de serviço 99.99% de disponibilidade.

Iniciar Cloud Server

Ferramentas restAPI

Recorra à nossa API, e faça a gestão dos seus cloud servers de acordo com as suas necessidades reais. Pode criar, iniciar, parar, escalar e apagar os seusservidores, de uma forma rápida e sem complicações.

Ler API
Mapa da Infra-estrutura

A NOSSA INFRA-ESTRUTURA

Operamos a nossa própria infraestrutura de rede, através de toda a Europa e E.U.A. A nossa rede tem múltiplas interligações com fornecedores de rede tier-1 e centenas de parceiros de peering, sendo constantemente optimizada para melhor performance e fiabilidade. Isto significa que pode, assim como os seus clientes, chegar aos nossos recursos de computação e armazenamento de dados rapidamente, onde quer que esteja na Internet.

A nossa infraestrutura está localizada na Europa em dois centros de dados geograficamente isolados, garantindo desta forma a melhor segurança possível para os seus recursos de computação e armazenamento de dados, assim com a escalabilidade que necessita para as suas aplicações.

FAQ sobre Cloud Servers

Um Cloud Server parece e funciona como um servidor tradicional ligado à Internet ou a uma rede privada. Mas é muito mais fiável, flexível e amigo do ambiente devido a um menor consumo de energia. E é-lhe fornecido a um custo muito inferior. É a sua fatia virtual da plataforma de computação e armazenamento da Lunacloud, com recursos garantidos.
O seu Cloud Server terá a sua escolha de sistema operativo Linux ou Windows. Pode-se ligar e gerir o seu Cloud Server e configurar qualquer aplicação que deseja. Alguns exemplos mais comuns são os servidores de email, servidores web e servidores de bases de dados.
  • Há três formas através das quais pode controlar o seu Cloud Server, cada uma com um objectivo ligeiramente distinto:
  • Administração remota via SSH ou Terminal Services: como administraria normalmente um servidor dedicado.
  • Web Control Panel: utilizando o painel de control da Lunacloud, com um browser, ligado à sua conta, pode criar, apagar, iniciar, parar ou alterar recursos do seu servidor (RAM, vCPU e Disco).
  • RESTful API: a interface de programação é acessível para que as suas aplicações possam controlar os seus Cloud Servers, da mesma forma que o poderia fazer através do painel de controlo na web. Esta opção é muito útil para permitir que as suas aplicações escalem automaticamente, em função das necessidades.
Um vCPU ou virtual CPU é um processador virtual, equivalente a um CPU físico num servidor dedicado. Um Cloud Server pode ser de 1 a 8 vCPUs (Cores).
Não. A API de computação da Lunacloud (a API para controlar os Cloud Servers) não é compatível com a da Amazon EC2. Pode encontrar a documentação aqui
Um Cloud Server é um conjunto de recursos de RAM, vCPU e Disco, escolhidos por si. Pode escolher um dos conjuntos pré-definidos (por exemplo, o servidor “Point Five” tem 0.5 GB RAM, 1 vCPU e 10 GB de Disco), mas também é livre de escolher qualquer combinação de recursos, escolhendo por isso o tamanho de Cloud Server que melhor se adapta às suas necessidades e optimizando o preço que paga. O preço de um Cloud Server é definido por hora, de acordo com a tabela de preços do Cloud Server. No final de cada mês será facturado de acordo com o número de horas em que o seu servidor esteve ligado (“power on”, a 100% do preço) ou parado (power off, a apenas 50% do preço). Oferecemos 2 IP’s por região, os IP’s adicionais tem um custo de 3,60 € por hora.
Pode verificar o preço no simulador acima. Se o seu servidor estiver activo (started / powered on) paga o preço por hora definido para a combinação de recursos que está a usar. Se o seu servidor estiver inactivo (stopped / powered off), paga apenas 50% do preço por hora definido. A razão pela qual os servidores desligados são também cobrados é porque os recursos que lhe foram alocados são reservados, isto é, garantimos a disponibilidade dos mesmos quando ligar o servidor e garantimos também a manutenção dos dados em disco. Porque os recursos são reservados e não podem por isso ser usados por outro cliente, são facturados, mas a um preço por hora muito inferior, pois não estão a contribuir para o consumo de energia. O volume mensal de dados consumido pelo seu servidor na rede pública é gratuito, se for inbound (com origem na Internet e destinado ao seu servidor) e se for outbound (com origem no seu servidor e destinado à Internet) o preço está definido nesta página. O tráfego privado (de um Cloud Server para outro, na mesma rede privada) é também gratuito. Se não quiser ter qualquer tipo de custo com um Cloud Server, deverá apagá-lo (Delete).
Os seus dados, localizados no disco dos seus Cloud Servers, estão fisicamente no mesmo datacenter que os recursos de computação (RAM e vCPU), numa rede de armazenamento de dados ligada através de múltiplos interfaces Gigabit. Isto garante uma muito boa performance de I/O, garante que os seus dados estão seguros e não são perdidos caso algum disco físico falhe, devido ao alto nível de redundância existente na rede de armazenamento de dados. Também garante espaço em disco virtualmente ilimitado para os seus servidores Cloud, espaço que poderá alterar quando desejar.
A equipa de suporte técnico está disponível de Segunda a Sexta-feira, das 9:00 às 18:00, através de telefone ou sistema de tickets.
Uma das causas possívels no processo de autenticação quando se liga por SSH a um servidor é a resolução de DNS. No servidor, o SSHD tipicamente tenta fazer um “reverse lookup” do endereço IP que se está a tentar ligar e, se por qualquer razão não o conseguir resolver, causa um tempo de espera desnecessário no processo de autenticação.Se quiser evitar este tempo de espera, pode colocar o parâmetro “UseDNS no” em “/etc/ssh/sshd_config” e reiniciar o SSHD. Esta situação é comum no caso específico de servidores localizados numa rede privada e por isso não acessíveis da Internet.

  • Cloud Servers
    0
    Criados
  • Clientes Activos
    0
    Mundialmente
  • Clientes De
    0
    Países